- Porque eu não merecia...

Pra ser sincera, você não merecia nem o meu ‘bom dia’, nem o meu beijo de boa sorte, muito menos o meu ‘se cuida’. Porque como qualquer criança boba, eu pensava que você queria que eu cuidasse de você. Você não merecia a minha preocupação quando você estava doente, muito menos o meu consolo, nas noites frias e carentes. Você não merecia a minha saudade, não, você não se esforçou pra me conquistar. Você nem sequer era digno do meu afeto, porque você era só mais um cara bonitinho e legal, e disso o mundo tá cheio. Existem tantos por ai iguais a você, mas eu resolvi te olhar de forma especial, eu resolvi te fazer especial. Mas isso não seria o suficiente certo? Porque você não merecia. Você nem sequer precisava de mim, de nada que viesse de mim. Mas mesmo assim, eu me apeguei, te admirei, eu perdi horas valiosas pensando em você. Eu podia estar fazendo coisas importantes, mas eu estava pensando em você. Eu gostei so seu cabelo, mesmo ele sendo uma droga, do seu corpo, mesmo ele estando bem longe de ser sarado, eu gostei do seu jeito, mesmo tendo certeza de que você não era assim só comigo, me apaixonei pelo seu sorriso, mesmo ele não sendo o mais bonito que eu já tinha visto. E o pior de tudo, você não daria o mínimo valor, sabe porque? Eu não merecia… Eu merecia coisa bem melhor. (YouMakeMeCrazierBaby)




- Não era para eu me encantar
    Postado por: Luuh às 15h49 -

com teu sorriso, nem escolher alguma foto tua como preferida. Não era para eu gostar do jeito que você me trata e me cuida, como se eu fosse uma criança que precisa de atenção 24 horas por dia. Tudo bem que é sempre bom ter alguém e que, talvez, eu precise de atenção e cuidado redobrados, mas não era para eu gostar. Não era para eu gostar de quando você me chamasse de “amorzão”, “princesa”, “pequena”, ou qualquer coisa assim, que você aprendeu me chamar. Não era pra eu gostar de quando você teimasse comigo, quando você me irritasse ou me provocasse ciúme com as tuas amigas. Aliás, não era pra eu sentir ciúme, não era. Não era para eu gostar quando você me elogiasse, ou quando me dissesse o quanto eu sou mimada e manhosa, e o quanto você gosta de mim desse jeito. E não era para eu sorrir ouvindo isso, mas… Droga! Eu não consigo não sorrir. Não era para eu gostar quando você me acordasse com uma mensagem de “bom dia”, nem sentir falta quando você demorasse 5 minutos para me responder alguma mensagem. Não era para eu gostar tanto de ouvir você dizer que me ama, de repente, e sem querer. Não era pra eu gostar de nenhum detalhe em você, e agora eu não consigo me imaginar sem nenhum deles. Não era para eu gostar de você, e agora eu, simplesmente, te amo.

nota: esse texto não é meu, mas tive que postar porque eu nunca li algo que descrevesse tão bem o que eu sinto.




- You make me crazier, crazier...
    Postado por: Luuh às 09h32 -

Eu teria ficado com você pra sempre. Eu era o melhor pra você, eu não teria vergonha de te beijar em público, nem de ser vista com você e seu cabelo despenteado. Eu aguentaria todas as suas frescuras, teria sempre um sorriso no rosto enquanto você contasse uma piada sarcástica e sem graça. Desistiria dos meus sonhos por você, brigaria com os meus amigos. O meu lugar preferido no mundo seria nos seus braços, eu te seguiria pra onde quer que você fosse. Eu faria de cada momento da nossa vida, o mais feliz, como se fosse o ultimo. Me desculparia por todos os meus erros, mesmo que nem os tivesse realmente cometido, só pra você continuar do meu lado. E então um belo dia, você se foi, sem razão. Eu fiquei louca, sabe, milhões de coisas se passaram pela minha cabeça. Me arrependo de tudo que fiz para encontrar uma resposta para o fim do nosso amor. Até que um dia percebi que nunca foi amor. Maldita obcessão, eu teria sido infeliz só pra te fazer feliz. Eu só consegui enxergar com clareza quando você se foi. Estúpido, não é? Gostar de alguém tanto assim a ponto de quase se destruir. Não, nunca foi amor. Foi uma overdose de músicas tristes e filmes românticos que me fizeram acreditar que um dia você faria o mesmo por mim, gostaria de mim tanto quanto eu de você. Eu era só uma conquista pra você, não é? Mas agora eu entendo que eu nunca realmente consegui te entender, que você nunca precisou de mim tanto assim. Ah, você ficaria perfeitamente bem longe de mim. Não era amor, era algo muito mais poderoso, era paixão. O problema é que, paixão tem data de validade.




- Continue a bater na mesma tecla, gata.
    Postado por: Luuh às 10h40 -

Porque você faz isso comigo? Você não vê que eu estou tentando com todas as minhas forças não me deixar tomar por este sentimento? Eu não quero me apaixonar, eu tenho medo. Desculpa, eu sei que isso não é culpa sua, mas eu preciso ir devagar. Eu preciso andar com os pés no chão e não com a cabeça nas nuvens, eu não quero me magoar, não de novo. Porque você tinha que ser assim? Tão lindo, tão idiota, tão meu. Porque você é o único que arranca um sorriso bobo de mim por qualquer piada que você faz? Porque você me lembra que se lembra todo dia de mim enquanto eu passo o dia inteiro tentando afastar a sua lembrança por alguns segundos da minha cabeça? Eu sei, depois de uma decepção você começa a suspeitar de qualquer um. Não me leve a mal, eu estou encantada, louca, por você também. Mas eu preciso que você me prove que é real.Meu. - YouMakeMeCrazierBaby




- Falando de amor de novo
    Postado por: Luuh às 16h37 -

será que eu to sempre apaixonada?

Mas o amor é assim mesmo, é a paz misturada com o caos, é a alegria confusa da tristeza, são os obstáculos constantes que te dão milhões que motivos para desistir, e mesmo assim você continua insistindo, ignorando as dificuldades. É essa batida mais forte do coração quando ele te olha, é esse conforto inexplicavel quando ele te abraça forte. É o sumiço do orgulho, a preocupação excessiva com mínimos detalhes, é esse sentimento possessivo incontrolável. ”Você é meu e pronto”, é um pouco desse ciumes besta também. É essa saudade sem definição, que começa pequenininha e no final te consome por inteiro. É esse teu cheiro que não sai do meu corpo, esse teu gosto que não sai da minha boca. É essa loucura, essa vontade que você não controla, por mais que tente com todas as forças. É também um pouco desse medo ridículo, de perder, de não superar, de ter que começar tudo de novo, de não esquecer. A gente nunca esquece mesmo, então eu me pergunto pra que se preocupar, certo? É essa perfeição indefinida cheia de defeitos, o amor, sabe? Conforme-se com isso. —YouMakeMeCrazierBaby




- Egoísta
    Postado por: Luuh às 11h42 -

Ultimamente tenho pensado mais em mim, por obrigação. Pela primeira vez eu estou me protegendo, tenho evitado me jogar de cabeça em uma piscina sem água. Não confio, não acredito, não me importo em entender, não me apaixono. Fria. É, parece o plano perfeito, exceto por uma coisa… Eu também não vivo. Eu gosto da adrenalina de um beijo roubado, de um julgamento errado, de um sofrimento não planejado. Eu sei, parece masoquismo, mas pense no quão monótona seria a vida sem alguns tropeços, sem alguma lição a se aprender. É como comprar um caderno novo, escrever o ano inteiro nele, mas nunca usar os adesivos. As vezes, a gente precisa correr o risco, escrever em linhas tortas, colar adesivos nos lugares errados, ter que arrancar folhas... A gente precisa de uns dias de tristeza, pra aprender a dar valor aos de alegria, certo?




- Tem dias que você se salva...
    Postado por: Luuh às 11h39 -

Tem dias que você engole o choro e aguenta com um sorriso no rosto. Tem dias que você se esquece do mundo, só porque está cansado demais de ficar vendo tanta coisa te magoar. As vezes você percebe que qualquer mínimo detalhe te abala, qualquer “beeijo, tchau” mal dado, qualquer comentário besta, indesejado. Eu não queria ser assim, juro que não, mas eu sou fraca, frágil, idiota. Eu acredito mesmo, me iludo mesmo, repito todos os meus erros mesmo. Tem dias que você põe uma máscara, ninguém precisa saber o que você está pensando. Tem dias em que você simplesmente esquece… É… isso é bom, esquecer… Contar com a sorte de encontrar um trevo de 4 folhas nascendo no asfalto.

YouMakeMeCrazierBaby



- Insensível
    Postado por: Luuh às 09h20 -

Existe um certo alívio em descobrir o lado racional do amor. Percebemos que tudo não passa de uma sequência de reações lógicas e perfeitamente explicáveis. A sensação de bem estar eterno que você tem quando está perto de alguém que gosta, não passa de uma overdose de endorfina. Todas as coisas estúpidas que você fez ou disse, não passaram de impulsos elétricos, coisas não pensadas do momento. As boas qualidades que você amava tanto, bem, elas eram apenas ilusões. Nem tente culpar a outra pessoa por isso, essas fantasias foram criadas por você mesmo. Aqueles momentos em que você ficava nervoso, com ciumes ou rindo de piadas sem a menor graça eram meros reflexos de um coração acelerado e um cérebro com imaginação fértil. Por falar nisso, quando todas essas reações acabarem, por mais que você pareça estar de coração partido, a verdade é que felizmente você sente emoções com o cérebro, e se você não está morto, é um sinal de que ele não está partido, de fato. Existe um certo conforto em ser insensível o suficiente pra pensar dessa forma, e uma certa irônia porque você nunca vai ser assim. No fim, a sensibilidade sempre vence a razão. (YouMakeMeCrazierBaby)




- Farsantes
    Postado por: Luuh às 00h25 -


Acabe com as minhas esperanças, diga que não precisa mais de mim. Me liberte, pois não sei se consigo ir por conta própria. Assim é melhor, um coração partido é mais fácil de lidar do que um coração confuso, perdido. Não me abrace de supresa mais, não me chame para sair numa noite fria, porque eu não sei se consigo resistir a isso sem te corresponder. Não encoste o rosto no meu pescoço para procurar meu perfume, eu sei que você gosta dele, mas é melhor que não crie este habito. Não me console mais, eu vou dar um jeito de me virar sozinha com os meus problemas. Esqueça a saudade, daqui há alguns dias ela irá passar, você tem alguém pra cuidar disso. Estou te pedindo pra ir, vá embora enquanto é tempo, enquanto isso ainda não virou uma bagunça. Desculpe-me, mas é assim que tem que ser, você parecia feliz sem mim, eu não vou me intrometer. Não, eu não vou transformar o seu conforto no meu drama. Vai logo amigo, não olhe pra trás, você pode pensar em mudar de idéia. Pensa que foi só um sonho maluco, não precisa se explicar. É que seu coração já está ocupado, e o meu? Bem ele já está ferido demais para que eu possa me arriscar de novo, então acho que é melhor assim, finja que nunca aconteceu, nós somos bons nisso. (
YouMakeMeCrazierBaby)




- Queria amar alguem (...)
    Postado por: Luuh às 00h19 -

Eu quero amar alguém que odeie as mesmas músicas que eu, mas que não goste das mesmas. Que me faça rir quando eu tropeçar e bater de cara no chão, que me leve pro cinema porque quer ver o mesmo filme que eu e não porque quer me beijar, que deixe isso pra depois. Queria alguém que não me julgasse quando eu contasse todas as besteiras que fiz, que me olhe nos olhos e diga “você é uma idiota” e que não acredite nas próprias palavras. Alguém que me ache bonita, mas que com o tempo perceba que minha companhia é mais importante que a minha beleza. Queria me apaixonar por alguém decidido, que corresse atrás de seus sonhos e até de mim naqueles dias em que eu ficar confusa. Queria alguém que me desejasse “feliz aniversário” com um sms a meia noite, todos os anos, sempre pontual. Queria amar alguém que me ligue, ao invés de me chamar no msn. Alguém que saiba que eu estou triste, mesmo quando eu estiver com o maior dos sorrisos. Queria alguém que continuasse comigo, mesmo se nós seguirmos caminhos diferentes. Alguém que me amasse, não incondicionalmente, mas também não só nos dias de alegria. O problema é que, as vezes a gente não se apaixona pelo melhor amigo. (YouMakeMeCrazierBaby)







01/05/2012 a 31/05/2012
01/04/2012 a 30/04/2012
01/03/2012 a 31/03/2012
01/02/2012 a 29/02/2012
01/01/2012 a 31/01/2012
01/10/2011 a 31/10/2011
01/05/2011 a 31/05/2011
01/03/2011 a 31/03/2011
01/02/2011 a 28/02/2011
01/01/2011 a 31/01/2011
01/12/2010 a 31/12/2010
01/11/2010 a 30/11/2010
01/09/2010 a 30/09/2010
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/04/2010 a 30/04/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/12/2009 a 31/12/2009
01/11/2009 a 30/11/2009
01/10/2009 a 31/10/2009